Luigi Rotunno

Quem é mais corrupto?

0 101

Depois de 17 anos de vida empresarial no Brasil, este é, sem dúvidas, o momento mais crítico que estou atravessando nesta terra tão desejada. O descrédito político e a clara falência das instituições como elementos de controle e gestão do país, alcançou um ponto sem retorno para população brasileira, exausta e sem mais esperanças para um futuro melhor.

A proximidade das eleições para presidência do Brasil, com candidatos fracos e oportunistas, querendo tirar vantagens da ausência de verdadeiros líderes políticos leva a população a buscar uma solução alternativa e corajosa como nunca na história brasileira. Uma paralisação nacional causada pelos caminhoneiros pretende mudar o cenário do país.

Mais uma vez a Petrobras entra no centro da discussão como principal responsável pela desordem social causada com os aumentos constantes no custo do combustível. Uma Estatal que passa de um extremo para outro, um dia por financiar políticos, outro por praticar um liberalismo econômico extremo, sem entender sua importância para o equilíbrio da sociedade brasileira.

Entretanto, nessa realidade onde achávamos ter visto tudo de ruim e de corrupto, conseguimos nos superar e mostrar um lado ainda pior. É decepcionante pensar nisso, mas existem pessoas piores que os políticos corruptos? Sim, temos! Infelizmente! Eles são os oportunistas sem escrúpulo, gananciosos e sem um pingo de ética que neste momento de grave crise, especulam vendendo insumos a preços exorbitantes, tendo como único objetivo o lucro pessoal, passando por cima da necessidade do povo. Essas pessoas que multiplicam o preço da gasolina, do gás e amanhã, provavelmente, dos remédios, desrespeitam o princípio elementar de uma sociedade que neste momento atravessa um momento extremamente difícil, o da solidariedade. Dizem que crises geram oportunidades, mas neste caso está gerando oportunistas que mancham o verdadeiro motivo dessa greve dos caminhoneiros: ver um Brasil mais justo aonde todos DEVERIAM viver com mais dignidade.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.