Luigi Rotunno

Dia das Crianças: mais que brinquedos, direito à infância.

0 18

Ver aqueles olhinhos brilhando e aqueles sorrisos largos, me levaram a uma viagem no tempo, onde a criança ali, era eu. O mais tímido da turma, eu era justamente aquele garotinho que ficava por último a ser servido ou, se algo fosse faltar para alguma criança, com certeza seria para mim. Uma sensação que não desejaria a nenhum daqueles corações pequeninos e tão cheios de esperança.

Felizmente, para garantir a festa e não desmanchar os sorrisos, tinha brinquedos para todos. E ainda sobraram!!! Com estes da Aldeia Juerana, somaram-se centenas distribuídos em diversas aldeias indígenas Pataxó, dos municípios de Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália. Embora, não tenha sido possível participar de todas as distribuições, acompanhei os resultados com grande alegria.

A atriz global Claudia Di Moura foi minha companhia até Juerana, onde vivenciou instantes da cultura de seu povo e descreveu sentir a energia de seus antepassados. Orgulhosa em se dizer negra e de descendência indígena, Claudia fez um discurso emocionado, tocando as espectadoras que a observavam atentas, comparando-a com sua última personagem interpretada no horário nobre das telinhas da Globo.

A doação de brinquedos foi um simples gesto de carinho a esse povo sofrido que precisa de muitas coisas que vão além de bens materiais. Precisam de direitos garantidos, de oportunidades de trabalho, de uma educação transformadora e igualitária… Precisam da dignidade de serem enxergados como cidadãos e da liberdade de conservar sua cultura, podendo também viver como pessoas comuns, buscando melhores condições e crescimento.

Que sejamos capazes de levar alegria a nossas crianças, hoje, para termos adultos felizes, amanhã!

Veja os melhores momentos dessa visita à Aldeia Juerana.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.